#BadBlood2.0 - 27° Capítulo.


- Leve o tempo que precisar. – Adam falou pela terceira vez. – Tente levantar e dobrar o joelho.
- Não consigo. – Sentei na maca. – Dói. Nunca vai melhorar.
- Você disse isso dois meses atrás e você já conseguiu 79% da sua antiga mobilidade. – Adam.
- Eu era 100%, o que adianta ser 79% se nunca irei voltar a competir. – Respondi nervosa.
- Existe outras coisas para fazer na vida além da natação, sabia? – Adam sentou no meu lado. – Você exige muito de si mesma. Por tudo que você passou nos últimos meses? 79% é um bom resultado e se você continuar o esforço, pode alcançar...
- No máximo 91% da sua mobilidade. – Completei revirando meus olhos. – Nunca 100%.
- Acho que nossa sessão acabou. – Adam pegou minhas muletas e um papel. – Aconselho você procurar um psicólogo. Pode ajudar.

     Peguei minhas muletas e me equilibrei com apenas um pé, enquanto Adam colocava minha tala no joelho. Ele levantou e me levou até o carro onde meu pai estava esperando.

- Como foi? – Meu pai perguntou entusiasmado.
- Eu preciso voltar para minha republica. – Respondi.
- Não é mais seguro lá.
- Então, eu posso comprar uma casa, um apartamento perto. – Sugeri. – Pai, eu não consigo mais morar com vocês, com repórteres no lado de fora, com os vizinhos me olhando o tempo inteiro, com a ronda da polícia me cercando. – Cobri meu rosto com minhas mãos. – Preciso de um minuto de privacidade, eu não fico sozinha desde... aquele celeiro.

     Ficamos em silêncio o caminho inteiro até Swarthmore College, ele parou em frente ao portão principal que estava em reforma.

- Quer que eu entre para te levar? – Meu pai perguntou.
- Não, fico por aqui. – Olhei para ele. – Sinto muito pelo o que disse. Eu te amo.

     Ele beijou meu rosto e deu um abraço, como aquele de despedida. Desci do carro e arrumei minha bolsa e minha muleta, foi andando lentamente para atravessar a rua.

- Taylor? – Ouvi meu nome do outro lado. – Quer ajuda?
- Emma. – Chamei e sorri. – Quanto tempo.
- Eu pensei várias vezes em ligar, mas pensei em frente à sua casa outro dia e tinha tanto repórteres, imaginei que você estava com saco cheio de pessoas querendo saber como você está.

     Emma pegou minha bolsa e ajudou-me a equilibrar nas muletas.

- Você não seria um incomodo. – Falei com um gemido de dor. – Seria bom ter uma amiga aqui.
- O que houve com Selena e Miley? – Emma perguntou preocupada.
- Selena estava namorando com o Bieber, depois que ele foi preso pela minha agressão, meus advogados lutaram para deixar ele na cadeia. – Expliquei. – Eu não queria dessa maneira, mas o lugar dele é lá. Ela não fala comigo da mesma maneira. – Respirei fundo. – Já a Miley está viajando com a Cara depois que aconteceu com a Vanessa.
- Soube que mesmo depois de dois meses, Vanessa ainda não falou nada. – Emma.
- Sinceramente, eu não tenho televisão, nem rádio e nenhuma rede social. Maioria das pessoas do meu chat, estou bloqueando. – Desabafei.

     Emma sorriu ao ver Theo vindo em nossa direção. Olhei estranho para situação.

- Eu queria dizer antes que nós...
- Estão juntos? – Dei risada. – Vocês são um casal bonito.
- Mas eu não queria deixar para você perceber assim. – Emma parou de andar. – Vocês tinham uma coisa e eu não quero ficar no meio dela.
- Nós não temos mais nada há muito tempo. – Tentei tranquiliza-la. – Se eu pudesse explicar melhor a situação, mas isso não está mais no meu controle.

     Theo beijou meu rosto e tentou me ajudar, ele deu outro beijo na Emma e mal olhou em seus olhos.

- Emma tem lindos olhos, Theo. – Falei. – Deveria olhar mais para eles. Ou para ela inteira, ela é linda da cabeça aos pés.

     Theo me olhou e depois olhou para Emma, tentou falar alguma coisa, mas acabou gaguejando.

- Falei para ela. – Emma contou com ar triste.
- Eu ia contar hoje. – Theo olhou para mim. – Você está voltando essa semana, não queria que as coisas ficassem voltadas a mim.
- Parem de falar sobre mim, por favor, se beijem. – Falei rindo.

     Emma olhou para Theo e abriu um sorriso, eles deram um selinho longo.

***

- Vanessa, quando vamos conversar adequadamente? – Perguntei entusiasmado e ela permaneceu muda. – Já faz 50 dias que ninguém ouve sua voz, ainda fala?

     Aparência de Vanessa havia mudado desde que entrou na prisão. Ela não fala com ninguém. Apenas cumpre seus deveres na cozinha da penitenciaria e se alimenta.
     Levantei e sai da sala de visita. Fui até John e entreguei a pasta.

- Tentaram outro advogado? – Perguntei.
- Já foram cinco e ela não conversa com nenhum deles, o ultimo disse que quando ela resolver falar qualquer coisa, é para chamá-lo. – John respondeu. – O RH quer falar com você hoje sobre a Katheryn.
- Bem lembrado. – Passei a mão pelos meus cabelos. – Ela está trabalhando em alguma coisa?
- Ela está em Manhattan. – John respondeu com ar tristonho. – Johnny, acha que eu deveria falar com ela?
- Ela está processando apenas eu. – Lembrei. – Se você realmente gosta dela, vá. Mas não fale de mim, se não, ela vai achar que você estará lá por mim e não por ela.
- Mas ela admitiu que esteve com o Jared. – John me seguiu pela penitenciaria.
- Foi só uma noite e Jared admitiu que a usou. – Falei bravo. – Você não.
- Vocês são meus irmãos. – John tentou sorrir e falhou.
- Vá atrás dela e eu ficarei aqui torcendo para que vocês deem certo. – Tentei acalmá-lo. – Não precisa escolher um lado nessa briga, você é o único inocente

***

- Eu não vou conseguir fazer isso. – Demi repetiu. – Não vou conseguir.
- Demi, você é a melhor nadadora da temporada. – Tentei motiva-la. – Você vai conseguir.
- Porque a primeiro lugar morreu, a segundo lugar quase não anda sozinha e eu sou a amante do meu cunhado, lembra? – Demi tentou segurar o choro. – Quando eu sair daqui e todos vão me olhar com os olhos de “olha quem teve coragem de continuar estudando, nadando, vivendo”.
- Não posso forçar você entrar lá, mas nem todos vão olhar para você assim.
- Joe, meus pais não olham na minha cara. A Cher fugiu sei lá para onde e o Liam age como vítima. – Demi colocou seu roupão e foi caminhando para saída de emergência.

2 comentários:

  1. A Selena e o Justin namoravam? Mas gente, quando foi isso? Mirela, tu não me arrasa não! Não faça isso com o Nick e a Miley, pelo amor de Deus, eu preciso de detalhes caso eles comecem a namorar HAHAHAHAHA
    Enfim, ainda estou muito preocupada com a Taylor. Sinto que ela não está bem, de forma alguma. E o Ed? Cadê meu homi? APARECE RUIVO DELICIA, I'M IN LOVE WITH THE SHAPE OF YOU!!!! kkkkkkkk E essa Vanessa me dá medo, affff!!! mas eu tenho minhas desconfianças, quer dizer... tem mais gente envolvida já que tem uma segunda temporada. ou melhor: foi a rapariga da vanessa mesmo????????????????????????????????
    Continuo aaa???aaaaaaaaaaaaa???aaaaaa HAHAHAHAHAHAHAHAH mas estou muito ansiosa, então trata de postar logo!
    Te amo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma que os personagens vão voltar aos poucos e sim, eles namoravam mais isso também irá ter seu momento. Aguarde Thay.
      Postei dois capítulos. Espero que goste.

      Excluir

Theme by Corina B.