#BadBlood - 10° Capítulo.


- Johnny! - O chamei, pela sétima vez. - Johnny, o que você vai fazer?
     Johnny se uniu a Katy e me jogou de escanteio. Depois de vermos as filmagens de segurança, que Jared conhecia a Taylor e obrigatoriamente levantarmos a possibilidade de envolvimento nesse crime, Johnny não trocou mais nenhuma palavra comigo sobre, apenas dá ordens sobre esse caso. Eu não sei o que ele está pensando em fazer, mas eu tenho que saber e tomar uma posição contra meu irmão.
    Olhava para Johnny e sabia que ele estava pensando nisso, eu o conheço muito bem e só por conhecer fico pensando nas suas próximas atitudes. Parei de tentar chama-lo e resolvi ajudar, já estava difícil todos trabalhando, imagine só com a Katy trabalhando sozinha.
***
- Eu quero todos aqui! No máximo 30 minutos para caçarem eles. - Ordenei.
      Entrei dentro do escritório do diretor e coloquei as fichas em ordem: Harry Styles, Selena Gomez, Theodore Peter James, Miley Cyrus, Demetria Lovato e Taylor Lautner. Arrumei todos, peguei o notebook e arrumei as filmagens. Arrumei a câmera para filmar cada palavra e expressão dos alunos, depois só esperei todos eles chegarem.
     Em menos de 30 minutos, todos eles estavam ali. Na ordem comecei a chamar e deixei claro que nenhum deles sairiam dali até eu conseguir alguma coisa, seja sobre Lily Collins ou Taylor Swift!

Harry Styles - 15:25
- Harry, tudo bem? - Perguntei, me sentando em sua frente. - Você já sabe como funciona certo? Aquela câmera ali... - Apontei. - Vai filmar cada palavra que você me dizer. E bom, eu quero perguntar logo sobre a Taylor. Acho curioso você nunca ter me falado dela.
- Nunca vi necessidade de falar da Taylor, o caso é sobre a Lily. Saber quem matou ela é a prioridade, não? - Harry respondeu.
- Prioridades... deixa eu te fazer mais uma pergunta: Taylor sempre te tratou com prioridade? De contar coisas, te envolver em coisas?
- Nunca fui. Eu e Taylor nos conhecemos logo no início, nos conhecemos e ficamos por uns três meses, depois disso ela foi viver sua vida no campus intensamente em modo privado e eu fiz a mesma coisa, éramos diferentes e achamos que isso era bom. Mas no final vimos que nossas diferenças nunca se encaixavam.
- E depois disso? O que você via ela fazer?
- Depois disso ela se dedicou bastante ao seu esporte, sempre dedicada e esforçada para ser a primeira. Mas Lily era melhor, quase sempre era melhor do que Taylor. Lily amava nadar, fazia por paixão e se dava melhor dentro do que fora da agua.
- Taylor sentia inveja? - Perguntei.
- Não sei, isso nunca foi a cara da Taylor, sentir inveja. - Harry parou para pensar. - Foi vendo a Taylor nadar que eu conheci a Lily, se quer saber, eu cheguei a pensar na Taylor e quando vi a Lily ali na agua... as coisas foram levando naturalmente. - Harry parou e baixou a cabeça. - Ainda tinha olheiros querendo conversar com ela, ela era boa demais, nos éramos felizes de verdade e apoiávamos um ao outro. Ela não deveria ter morrido naquela piscina, não naquela piscina.
- Entendo Harry, você ficou com a Taylor, depois com a Lily! Mas você sabe onde eu quero chegar, eu quero chegar no "Tudo isso é concorrência!". Pode me explicar?
    Assim que Harry escutou a frase, ele se assustou. Ele avia derrubado algumas lagrimas em lembrar da Lily, mesmo assim não o poupei.
- Eu não sei. - Harry respondeu. - Taylor me disse isso, foi a última coisa que a vi e foi tão estranho, ela me achou, disse e foi embora! Nos dias seguintes ela tinha sumido.
- Porque você? - Perguntei.
- Eu não sei, eu não sei. - Ele repetiu. - Fiquei pensando nisso, penso nisso durante muito tempo. Talvez seja pela Lily ou para me enganar. Ela sabe que cheguei a pensar nela quando Lily morreu.
- Lily morreu e Taylor desapareceu. - Falei, já me levantando e andando em sua volta. - Você namorava a Lily, ela morreu. Taylor te deu uma dica, explicação e depois desapareceu e você, Harry, está bem no meio dessa rodinha.

Selena Gomez - 16:52
- Selena Gomezzzzz. - Pronunciei. - Selena, como era sua relação com a Taylor?
- Saudável. - Selena respondeu direta.
- Saudável a que nível? Um nível alto em que ela dizia e você aceitava ou no nível dela dizer e você com Miley Cyrus ignorar?
- Em um nível que conversamos e nos damos muito bem, as três, sem diferenças. - Selena.
- Vocês três são amigas, mas Taylor não andava com vocês o tempo inteiro. Certo? Onde ela estava nesse tempo?
- Ela sempre fazia uma social comigo e com Miley, tínhamos nossos momentos que no último ano se tornou raro. Até onde eu sei, ela treinava bastante, passava o tempo com o Theo para melhorar, em aulas e namorava. - Selena olhava para o teto, tentando não demonstrar expressão.
- Namorava? Conheceu seu namorado? - Perguntei, já pensando no Jared.
- Não cheguei a conhece-lo, nem sei quem é. Ele contava sobre ele, descrevia ele e o que ele fazia... eu olho para você, Johnny e vejo esse cara. - Ela me encarou e deu risadas. - Taylor sempre se encontrava com ele, mas sempre longe daqui e quando estava perto de tentar ver o rosto dessa cara, ela conseguia me passar-a-perna e disfarça a público.
- Você quer dizer que Taylor usava outras pessoas para esconder a verdadeira?
- Sim, era isso que ela fazia.
- Fazia no passado? - Dei um sorriso forçado.
- Passado. Hoje ela não faz mais. - Selena se corrigiu. - Quero dizer que agora ela não faz atualmente, já que parei de me preocupar com isso.
- Bom saber, quem sabe um dia você saiba quem é e veja se ele se parece comigo como você diz. - Finalizei. - Talvez você não saia decepcionada.
Theodore Peter James - 18:40
- Theodore ou Theo? - Perguntei, dando opção de eles escolher.
- Você que sabe, muitos preferem dizer só Theo. - Theodore respondeu, ainda sério.
- Legal só Theo. - Peguei uma ficha, não era a dele. - De todos que eu já conversei só falam de você, pergunto da Lily: Falam de você, pergunto da Taylor: falam muito de você...
- Eu ajudava a treinar a Taylor, as vezes Lily pedia minha ajuda. Obvio que eles iam falar de mim. - Theo respondeu, interrompendo meu raciocínio.
- Não tinha terminado de falar. - O repreendi. - Bom saber e você nem estuda sobre isso... você atirava para os dois lados? Treinava ambas e deixava elas se matarem na piscina, literalmente.
- Vence a melhor, certo? Sempre dei o mesmo treinamento para as duas, só sou mais amigo da Taylor.
- Me fale sobre essa amizade. - Pedi, olhando olho a olho para ele.
- Somos amigos já faz algum tempo, não sei quanto exatamente desde que nos esbarramos na sala de informática. Ela pesquisava sobre uso de alguma coisa que ajudaria ela, orientei ela melhorar a forma física dela e não em remédios para ser a melhor. Desde então, venho orientando ela sobre a natação. Fizemos um laço de amizade, ela não é muito de ter amigos e eu muito menos, então, unidos o útil com agradável.
- Útil foi eliminar alguém da jogada? - Perguntei.
- Não existe jogada, só existe o amor ao esporte. Lily era apaixonada e também a melhor, já Taylor era apaixonada e também era a melhor, queria sempre se superar... ela ama natação, nada mais que isso, não existe amor nenhum acima disso! Ela nunca mataria alguém e deixaria em uma piscina.
- Pode ser que Taylor não faria isso e você?
- Muito menos, prejudicar minha vida por algo que não acrescentaria nela? Jamais! - Theo concluiu.

2 comentários:

  1. Desculpa ter sumido daqui, mas os estudos (é o meu último ano na escola e está uma droga) estão me matando e eu fiquei atrasada em vários blogs :( inclusive aqui, mas consegui ler os capítulos perdi YEP!
    está tudo perfeito e eu estou ficando cada vez mais curiosa :)
    queria poder detalhar tudo, tudinho mesmo, mas preciso correr para terminar um trabalho de artes. beijos xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo como é isso! Entendo mesmo, é um horror!
      Fico feliz que tenha gostado e comentado. Espero que goste dos proximos e vou correr no seu blog para ler, estou muito atrasada!
      xoxo, Bonnie (gyllenswift.blogspot.com)

      Excluir

Theme by Corina B.